Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Pacaraima (Dezembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da
comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Em dezembro, com a autorização emitida pela Polícia Federal após a entrada no país, a regularização migratória
pode ser realizada em outras cidades do país. Neste mês, o número de solicitantes dos serviços de regularização
migratória da Operação Acolhida e, consequentemente, de pessoas em situação de rua em Pacaraima diminuiu
27,33% em comparação a novembro, totalizando 2566 pessoas. Na noite da contagem, foram atendidas 428 pessoas no Anexo BV-8 em serviço de pernoite. Atores da sociedade civil seguiram com cadastro para que a população das ocupações espontâneas tenha acesso a cartões-alimentação. Meninos Meninas Em dezembro, houve redução de 5% na quantidade de pessoas em situação migratória não regular nas ocupações espontâneas, totalizando 63. Foram contabilizados 422 interessados na Estratégia de Interiorização, representando 21% da população fora de abrigos, o mesmo índice em relação ao mês anterior.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Boa Vista (Dezembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Em dezembro, a OIM contabilizou aumento de 3,45% na população fora dos abrigos, chegando a 2489 pessoas. O
Posto de Recepção e Apoio (PRA) teve acréscimo de 6,24% em relação ao mês anterior, com 1209 pessoas. A
infraestrutura do PRA segue em reforma para ampliar a capacidade, os serviços ofertados e melhorar as condições de
pernoite, água e saneamento. O número de ocupações espontâneas na cidade se manteve em 14, no entanto, a
população nesses espaços foi de 908 para 913 pessoas, um incremento de 0,55%. No último trimestre do ano, a
população em situação de rua subiu para 356 pessoas, 0,56% mais do que o mês anterior.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Pacaraima (Novembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Com a flexibilização de entrada na fronteira com a Venezuela, em 24 de junho de 2021, verificou-se no final de novembro um aumento geral de 10% da população fora dos abrigos em relação ao mês anterior, totalizando 3,531 pessoas. Comparado com o mês anterior, a população nas ocupações espontâneas subiu 5,5%, totalizando 2,008 pessoas em 16 espaços. Foram
contabilizadas 1,523 pessoas em situação de rua, das quais 307 foram atendidas no Posto de Interiorização e Triagem (PITRIG) e 493 no Anexo do BV8 em serviço de pernoite que está ativo desde o mês de outubro. Durante o mês de novembro, atores da sociedade civil realizaram ações de cadastro para que a população das ocupações espontâneas tenha acesso a cartões-alimentação.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Boa Vista (Novembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da
comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Com a flexibilização de entrada na fronteira com a Venezuela, em 24 de junho de 2021, observou-se no final de novembro
um aumento geral de 19,5% no total da população fora dos abrigos em relação ao mês anterior, totalizando 2.400
pessoas. Comparado com o mês anterior, o número de ocupações espontâneas se manteve contudo a população que
ocupa estes espaços aumentou 4%. No Posto de Recepção e Atendimento (PRA) o número de pessoas foi 17% maior
desde a última pesquisa. Durante os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres teve rodas de
conversa e sessões informativas. Também foram realizadas rodas de conversa e sessões informativas sobre matriculas
escolares e responsabilidade parental. Atualmente a infraestrutura do PRA está em reforma, visando ampliar a
capacidade e melhorar as condições de SHELTER e WASH.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Boa Vista (Outubro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da
comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM, com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Com a flexibilização de entrada na fronteira com a Venezuela, em 24 de junho de 2021, verificou-se no final de
outubro um aumento geral de 11,43% no total da população fora dos abrigos, totalizando 2009 pessoas. Comparado com
o mês anterior, o número de pessoas de ocupações espontâneas subiu para 14 catorze e a população refugiada e
migrante desabrigada aumentou 2,1%. No Posto de Recepção e Atendimento (PRA) a população subiu 17,7% e
a população em situação de rua subiu 34,43%. No PRA, mesmo com o aumento da população, o número de pessoas
sem regularização migratória foi de 34% em outubro, e verificou-se o aumento no interesse na interiorização.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Pacaraima (Setembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens diurnas e noturnas realizadas pela OIM, com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária.Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima,
operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população. 

Mantém-se a tendência de aumento da população migrante e refugiada na cidade num contexto de flexibilização de entradas na fronteira com a Venezuela, totalizando 4225 pessoas (mais 5,23% que no mês anterior). Contabilizaram-se 2330 pessoas em situação de rua, das quais 800 haviam sido atendidas no Posto de Interiorização e Triagem (PITRIG) no dia do levantamento do presente relatório. O aumento desta população tem tido forte impacto no fluxo do PITRIG, buscando apoio com regularização migratória. As ocupações espontâneas totalizaram 1895 pessoas, uma diminuição de 2,82% com relação ao mês anterior.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Pacaraima (Autobro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens
diurnas e noturnas realizadas pela OIM, com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Apesar da flexibilização de entrada na fronteira com a Venezuela, em 24 de junho de 2021, verificou-se no final de outubro uma diminuição geral de 24% da população fora dos abrigos. Comparado com o mês anterior, a população nas ocupações espontâneas subiu para 0,42%, totalizando 1903 pessoas em 16 espaços. Foram contabilizadas 1.310 pessoas em situação de rua, das quais 443 foram atendidas no Posto de Interiorização e Triagem (PITRIG) no dia do levantamento (26 de outubro de 2021). Durante o período, atores da sociedade civil zeram cadastro para o acesso a cartões-alimentação.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

Brazil — Situaçāo dos refugiados e migrantes venezuelanos desabrigados em Boa Vista (Setembro 2021)

Os dados são obtidos por meio de entrevistas e pesquisas realizadas diretamente nos espaços, com participação da
comunidade e de lideranças locais, sempre na última semana do mês de referência. São complementados por contagens diurnas e noturnas realizadas pela OIM, com apoio da Força Tarefa Logística Humanitária. Conhecer e acompanhar a situação de refugiados e migrantes que permanecem fora dos abrigos reconhecidos pela Operação Acolhida em Roraima, operados por entidades públicas ou privadas, de forma a gerar evidências para a tomada de decisões e respostas coordenadas em apoio a essa população.

Evidencou-se uma diminuição de 2,75% do total da população fora de abrigos. O maior fator apontado para
essa diminuição é a queda de 12% na população que permanece no Posto de Recepção e Atendimento (PRA).
Ainda sobre este mesmo espaço, se registou um aumento de pessoas não regularizadas e uma diminuição de 17%
entre aqueles que estão interessados em se beneficiar da estratégia de interiorização. Devido às ações de
documentação promovida pela OIM, a porcentagem de pessoas não regularizadas nas ocupações espontâneas
caiu para 4% em relação ao mês passado. Naqueles locais, o interesse na interiorização subiu a 29%.

Contact

iombrazil@iom.int

Methdology

Site Assessment

South Sudan — Sex and Age Disaggregated Data (SADD) highlighting potential risks to populations affected by displacement (December 2020)

DTM standards advocate for the inclusion of Sex and Age Disaggregated Data (SADD) to support production of data and analysis specific to women, girls, boys, and men. DTM standards outline the best practices for selecting key informants to increase participation of women and girls. This dashboard aims at raising awareness of the potential risks, including barriers to accessing various services, that women, girls, and other vulnerable persons may face while being displaced.